Ergogênicos X Doping – Breves Considerações do Ponto de Vista Nutricional

De acordo com o Comitê Paraolímpico Brasileiro, considera-se como doping “a utilização de substâncias ou métodos capazes de aumentar artificialmente o desempenho esportivo, sejam eles potencialmente prejudiciais a saúde do atleta ou de seus adversários ou contra o espírito do jogo.”

A palavra ergogênico significa substâncias ou artifícios adotados visando a melhora da performance pela intensificação da potência física, força mental ou limite mecânico que, dessa forma, previnem ou retardam o início da fadiga. Produtos denominados ergogênicos nutricionais servem principalmente para aumentar o tecido muscular, a oferta de energia para o músculo, bem como a taxa de produção de energia no músculo e incluem a creatina, o whey protein, as vitaminas e minerais, os quais não são considerados “doping”. (Biesek et al, 2010).

Alguns produtos elaborados com base em ervas como o Ma Huang, ginseng e a ioimbina que muitas vezes são vendidos como ergogênicos podem conter substâncias proibidas ou estar eventualmente contaminado por elas. Como não é possível assegurar a qualidade deste tipo de produtos e considerando-se que sua utilização como fator de aumento no desempenho físico não está demonstrado na literatura, o atleta deve ter grande prudência em sua utilização.

Até a próxima!
Verônica Gonçalves
Nutricionista Clínica e Desportiva
CRN 971000590

Mande sua dúvida para Verônica: nutriguerreira@yahoo.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: